SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Extratos comprovam movimentações de Cunha em sua conta bancária na Suíça

A Procuradoria-Geral da República recebeu das autoridades da Suíça documentos que contradizem o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que diz nunca ter movimentado o dinheiro depositado em uma de suas contas na Suíça.

Há alguns meses, Cunha tem sido alvo de investigações porque esse dinheiro teria sido depositado pelo lobista João Augusto Henriques, investigado na Operação Lava Jato. Em junho de 2011, João Augusto depositou 1,3 milhões de francos suíços (equivalente a R$ 4,8 milhões) em uma das contas, e isso, segundo a Procuradoria, é uma evidência de que o Deputado participou do esquema de corrupção na Petrobras.

A Justificativa de Cunha é que seu dinheiro era administrado por “truts” – entrega de um bem ou um valor a uma pessoa para que seja administrado em favor do depositante – para planejamento sucessório e educação dos filhos. Mas, na verdade, apenas duas dessas contas tinham essa forma de administração. O Conselho de Ética da Casa mantém o processo de quebra de decoro parlamentar contra o presidente da Câmara, já que o mesmo teria mentido na CPI por afirmar não ter contas fora do país.

Deixe um comentário