SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Siderurgia, metalurgia e construção civil derrubam indústria argentina

Ainda resiste ao clima recessivo da indústria argentina

 

A indústria argentina recuou 0,9% nos primeiros onze meses deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo divulgou hoje o Indec, o instituto oficial de estatísticas. De acordo com o relatório do instituto, as perdas em 2012 se concentraram nos setores de siderurgia, metalurgia e construção civil. A produção de aço bruto caiu 9% no período, enquanto a de alumínio recuou 4,7%, a de automóveis retroagiu 8,3% e a de cimento, 5,6%.

Ainda resiste ao clima recessivo da indústria argentina os setores ligados a bens de consumo não duráveis. A indústria de derivados de carne de aves aumentou em 11,8% a sua atividade e a de carne bovina e suína cresceu 7,8%. Também registraram altas expressivas de produção a indústria farmacêutica (7,6%) e a produção de cigarros ( 6,8%), um indicativo de consumo ainda aquecido no país.

 

Fonte: Porto Gente

Deixe um comentário