SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Microempresas geram mais impacto positivo para a sociedade e o ambiente, diz estudo

Das 68 melhores relacionadas, 35 são microempresas, ou seja, têm até nove funcionários

A maioria das companhias que geram melhor impacto ambiental e social têm até nove funcionários. Os achados fazem parte de um levantamento mundial que divulga quais são as empresas que surtem maior impacto positivo.

A lista é elaborada anualmente pelo B Lab, organização americana sem fins lucrativos de empreendedores que buscam solucionar problemas socioambientais. São consideradas apenas as empresas que têm o certificado B Corp –emitido a instituições que atingem determinados padrões de desempenho, prestação de contas e transparência– e destacadas as 10% melhores.

Das 68 melhores relacionadas, 35 são microempresas, ou seja, têm até nove funcionários. A média delas, no entanto, é a mais baixa: 125 pontos na avaliação de impacto do B Lab. As 14 pequenas empresas (de dez a 49 funcionários) que aparecem no levantamento obtiveram, em média, 126 pontos. As 19 empresas médias (50 funcionários ou mais) que aparecem na lista contam com a média mais alta: 130 pontos.

A mexicana Échale, de médio porte, ficou em primeiro lugar, 167 pontos. Ela utiliza inovações tecnológicas para construir casas ecológicas baratas e incluir a sociedade. As microempresas Paradigm Project, dos Estados Unidos, e One Earth Designs, de Hong Kong, empataram em segundo lugar com 165 pontos. A New Avenue, outra americana com menos de nove trabalhadores, ficou na terceira posição.

Qualquer empresa do mundo pode responder ao formulário de avaliação de impacto do B Lab para descobrir sua pontuação. A conquista do certificado B Corp, no entanto, depende da verificação das informações.

Fonte: Folha.com

Deixe um comentário