SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Metalúrgicos de São José pedem 12,86% de reajuste

O índice corresponde a 7,48% de aumento real e 5,01% de reposição da inflação

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região entregou nesta quarta-feira aos representantes da General Motors (GM) e das empresas  de autopeças, o pedido de reajuste de 12,86% para os trabalhadores dos dois setores. O índice corresponde a 7,48% de aumento real e 5,01% de reposição da inflação estimada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
 
A pauta foi encaminhada ao Sindicato dos Fabricantes de Veículos Automotores (Sinfavea) e ao Sindicato Nacional da Indústrias de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) um dia após os metalúrgicos da GM aprovarem a licença remunerada para 940 funcionários e a abertura de um Programa de Demissão Voluntária (PDV) para outros 900 na unidade da montadora na cidade paulista.
 
O sindicato dos metalúrgicos da cidade, ligado à Central Sindical e Popular (CSP Conlutas), representa 19,5 mil trabalhadores, 7.500 na GM de São José dos Campos e 12 mil no setor de autopeças.

Fonte: Diário do Grande ABC (SP)

Deixe um comentário