SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Goiás ficou em 7º nas exportações de 2011

Dados foram apresentados ontem pelo Ministério da Agricultura. Destaques no Estado são para complexo soja

Goiás exportou aproximadamente US$ 3,91 bilhões em 2011, resultado que colocou a região em sétimo lugar no ranking dos 26 Estados mais o Distrito Federal. O destaque ficou para São Paulo (US$ 18,7 bilhões), Paraná (US$ 11,13 bi) e Mato Grosso (US$ 10,71 bilhões). É o que revela estudo divulgado ontem, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

De acordo com o levantamento, o complexo soja foi o segmento que mais impulsionou as vendas externas goianas, ao negociar US$ 1,80 bilhão no ano passado; seguido por carnes, US$ 1,28 bijhão (com ênfase para a bovina, US$ 662,84 milhões); complexo sucroalcooleiro, US$ 343,18 milhões; milho, US$ 108,96 milhões; algodão, US$ 62,65 milhões; café, US$ 16,774 milhões; frutas, US$ 713,85 mil; entre outros.

Segundo o Mapa, o Centro-Oeste foi responsável por 21,4% do total agrícola exportado em 2011, com US$ 17,4 bilhões. A região expandiu-se a um ritmo acima da média brasileira (+32,3%), e com isso aumentou sua participação no total das exportações do País, passando dos 20,7% verificados em 2010 para 21,4% no último ano.

O maior exportador da região foi o Mato Grosso, com US$ 10,7 bilhões, sendo 64,2% desse valor oriundo das vendas externas do complexo soja. Em relação ao crescimento 2010/2011, o Distrito Federal foi o único ente federado da região a crescer abaixo da variação média brasileira no período (3,6% em contraste com os 27,7% da média nacional), um dos índices mais baixos de todo o País.

Os principais produtos exportados pelos Estados do Centro-Oeste foram: complexo soja (US$ 9,7 bilhões ou 55,4% de participação no total exportado); carnes (US$ 3,5 bilhões ou 20,3% de share); milho (US$ 2,1 bilhões ou 12,0% do total comercializado); açúcar (US$ 1,0 bilhão ou 5,9% de participação); e algodão (US$ 854 milhões ou 4,9% do total).

O Mapa destaca que o Cen­- tro-Oeste foi, em 2011, a principal região exportadora de milho e algodão do Brasil. E o Mato Grosso, seu maior expoente, foi responsável por 85,8% do total de milho vendido ao exterior e 80,2% da comercialização de algodão da região. (Com informações do Mapa)

Fonte: O Hoje (GO)

Deixe um comentário