SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Faturamento industrial cai, mas horas trabalhadas e emprego sobem

Informações de outubro foram divulgadas nesta sexta-feira pela CNI. Recuperação da atividade industrial, embora lenta, mostra sinais, diz

O faturamento da indústria recuou pelo segundo mês consecutivo em outubro deste ano, quando foi registrada a queda de 1%, mas as horas trabalhadas na produção, e o emprego industrial, indicadores que têm relação maior com o nível de atividade, avançaram no mês retrasado, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (7) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

 “A recuperação da atividade industrial, embora lenta, já se mostra nos indicadores de faturamento e de horas trabalhadas na comparação com o mês anterior”, avaliou a entidade por meio de nota à imprensa. Em outubro, as horas trabalhadas na produção subiram 0,5%, na segunda alta consecutiva, e o emprego industrial avançou 0,2%, ainda de acordo com a CNI.

Segundo a entidade, o indicador de horas trabalhadas na produção é o que mais reflete a recuperação da atividade industrial. No mês retrasado, este indicador subiu em 14 setores da indsútria de transformação em outubro, contra apenas três setores em setembro de 2011.

Uso do parque fabril fica estável

“A indústria, em geral, ainda mostra ociosidade comparativamente a 2011. A utilização da capacidade instalada segue abaixo do mesmo nível do ano anterior para 12 setores”, acrescentou a Confederação Nacional da Indústria. No mês passado, o nível de uso do parque fabril brasileiro (utilização da capacidade instalada) permaneceu em 81%. Trata-se do quarto mês consecutivo de estabilidade no indicador.

Janeiro a outubro

Apesar da queda em outubro, no acumulado dos dez primeiros meses deste ano, a CNI informou que o faturamento da indústria subiu 3,4% sobre o mesmo período do ano passado. Já as horas trabalhadas na produção e o emprego industrial recuaram, respectivamente, 1,6% e 0,3% na parcial de janeiro a outubro de 2012.

Fonte: G1.com

Deixe um comentário