SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

CNI reduz projeção de expansão do PIB para 3,2% em 2013

Previsão anterior, divulgada em dezembro, era de crescimento de 4%. Entidade prevê que o PIB industrial terá expansão de 2,6% neste ano

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) reduziu nesta quarta-feira (3) a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil para 3,2%, ante 4% na estimativa anterior, divulgada em dezembro.

A CNI prevê ainda que o PIB industrial terá expansão de 2,6% em 2013, ante 4,1% previstos anteriormente. Sobre a Selic, a entidade calcula que ela fechará 2013 em 7,25% ao ano.

As projeções constam do Informe Conjuntural Trimestral da entidade.

“Embora as novas previsões para o desempenho do PIB e do PIB Industrial em 2013 estejam mais próximas da previsão menos otimista feita no final do ano passado, a CNI avalia que há sinais de recuperação da indústria. Os estoques estão no nível planejado pelos empresários, o que abre espaço para o aumento de produção nos próximos meses”, diz nota da instituição.

O cenário projetado pela CNI para 2013 considera um crescimento do investimento, medido pela Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), de 4%, ante 7% estimado na última divulgação, no fim de 2012. O consumo das famílias deve crescer outros 3,5%, de acordo com a CNI. No último informe conjuntural, a projeção era de 3,8%.

Sobre a balança comercial do país, o Informe Conjuntural da CNI do primeiro trimestre também reduz o saldo positivo na comparação com o último relatório: de US$ 18,1 bilhões para US$ 11,3 bilhões.

O Informe Conjuntural do 1º trimestre prevê ainda que a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechará o ano em 5,7%.

Fonte: G1.com

Deixe um comentário