Três contrapostas de acordos foram rejeitadas nesta terça-feira

Trabalhadores da Tecnox, Jk montagens e Cemix não aprovaram os índices oferecidos pelos patrões

Com a campanha salarial à tona, essa terça-feira, 1º de abril foi marcada por muito trabalho para a equipe negociadora do SindMetal-GO. Aconteceram nesta tarde, assembleias para apresentação e votação de contrapropostas para fechamento de Acordos Coletivos em empresas da base.

Na Tecnox, localizada no pólo agroindustrial de Goianira, a assembleia com os trabalhadores aconteceu às 15 horas no refeitório da empresa. O índice de aumento salarial de 10% apresentado pelos patrões foi rejeitado em votação aberta pela maioria dos empregados. “Nós queremos um pouco mais. Precisamos de um aumento que seja significativo porque as coisas aumentaram muito mais do que esse valor que eles ofereceram”, comenta o soldador Leandro Borges.


trabalhadores da Tecnox eunidos em assembleia para apreciação da contraproposta

Às 17 horas foi a vez dos trabalhadores da JK Montagens e Cemix se reunirem em assembleia. Por maioria dos votos apurados na urna, a contraproposta com o índice de 10% também foi reprovado.


empregados da JK montagens e Cemix rejeitaram a contraproposta oferecida pelos patrões

De acordo com o presidente do SindMetal-GO, Roberto Ferreira, o próximo passo agora é reunir novamente com os patrões. “Iremos reiniciar as negociações. Tudo o que nos é proposto levamos em assembleia para os trabalhadores. São eles que aprovam ou não o fechamento dos acordos e enquanto isso não acontecer, continuaremos em negociação”, ressalta.

Veja Também: 

> Negociação Coletiva de Trabalho é tema do 53º Curso de Formação Sindical

> SindMetal-GO realiza curso de maquiagem para metalúrgicas

> SindMetal-GO inicia negociações do Acordo com empresas da Rocha Equipamentos

Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário