Somente agora a Química Amparo apresenta as metas do PPR de 2015

08/01/16

O ano de 2015 já se foi e só agora a direção da Química Amparo apresentou as metas e os objetivos do Programa de Participação nos Lucros e Resultados (PPR) para seus empregados. Mesmo assim, os trabalhadores resolveram aprovar o pacote. A decisão foi tomada na assembleia geral extraordinária que o SindMetal-GO realizou nesta quinta-feira, 7 de janeiro, na sede da empresa.


O pacote foi aprovado pelos empregados em assembleia geral extraordinária na sede da empresa

Eles irão receber a segunda parcela do PPR de 2015 no decorrer do mês de fevereiro de 2016. A primeira parcela já havia sido paga no mês de julho do ano passado.

O operador de máquinas Edinaldo Santos da Silva comemorou o resultado.  “É um dinheirinho bom que entra na nossa conta, dá pra fazer alguma coisa com ele”, afirma. O conferente de expedição Francisco de Assis Pereira também aprovou o resultado da assembleia. “É mais um dinheiro extra que o trabalhador tem todo ano”, diz.


O presidente do SindMetal-GO esteve na assembleia e disse que o PPR é uma faca de dois gumes

Para o presidente do SindMetal-GO, Eugênio Francisco, o PPR é uma faca de dois gumes. Por um lado é bom, porque se trata de um benefício financeiro a mais para o trabalhador. No entanto, Eugênio destaca que as metas estabelecidas pelos patrões exigem sobre-esforço da mão de obra. “O operário trabalha até a exaustão para cumprir o que foi estipulado no programa, prejudicando sua saúde física e mental”, diz.

Deixe um comentário