SindMetal-GO impede a criação de sindicato oportunista para mecânicos

Possíveis aproveitadores convocam assembleia para criação do Sindicato de Trabalhadores em Oficinas Mecânicas do Estado de Goiás

O SindMetal–GO participou nesta última quinta-feira (10 de fevereiro), de uma assembleia falha, que propunha a criação do Sindicato dos Trabalhadores em Oficinas Mecânicas do Estado de Goiás. A convocação foi feita por meio de um edital, publicado por pessoas que se dizem trabalhadores da categoria. No entanto, eles tentaram fundar uma entidade que já tem sua categoria representada pela SindMetal-GO.

O local e horários eram suspeitos: o movimento aconteceu em um edifício do setor Alto da Glória (bairro nobre da capital), às 14 horas, um horário em que a maioria dos trabalhadores está em expediente. Desta forma, o Sindicato dos Metalúrgicos de Goiânia se fez presente a fim de impedir tal feito e garantir a ilegitimidade do movimento. Na assembleia, também houve a presença de outros sindicatos que representam a categoria em outras bases, para evitar que o desmembramento ocorresse.

Com a união dos sindicalistas foi possível desbancar os oportunistas, que receberam 39 votos contrários à criação e apenas três votos a seu favor – o que representa só 6% do número de presentes.

Desta forma, a boa representatividade da categoria dos mecânicos ficou resguardada, não deixando a categoria ser influenciada por usurpadores que só querem beneficiar a si mesmos.  “Não podemos deixar os oportunistas criarem sindicato de gaveta e fazer do dinheiro do trabalhador a sua própria riqueza”, exclama Roberto Ferreira, presidente do SindMetal-GO.

Para ver mais fotos da assembleia, acesse a nossa Galeria de Fotos.

Veja também:

>> Artigo: Democracia não pode ser confundida com anarquia

>> Como o décimo terceiro deve ser pago?

>> Entenda o que é a Carteira de Trabalho

Fonte: Assessoria de Comunicação do SindMetal-GO

Deixe um comentário