SindMetal-GO ganha mais uma ação na justiça por prática de ato antissindical

empresa da base descumpre com clausula da Convenção Coletiva de Trabalho

Mais uma empresa da base de representação do SindMetal-GO foi condenada pela justiça por descumprir clausula da Convenção Coletiva de Trabalho. Desta vez, a Goiás Tintas e Colas estava proibindo o acesso dos assessores de base do sindicato para intensificarem a sindicalização dos seus empregados o que caracteriza ato antissindical.

Por inúmeras vezes, os assessores do SindMetal-GO tentaram contato com a empresa para que fosse liberado o acesso, mas a administração alegou não haver cláusula na convenção e se negou abrir as portas.

Diante disso, o departamento jurídico do SindMetal-GO achou por bem entrar na Justiça com uma ação de cumprimento de clausula além de pedir uma multa pelo descumprimento da mesma.

De acordo com Roberto Ferreira, presidente do SindMetal-GO, atitudes como essa, serão todas encaminhadas para a justiça. “Nós não vamos mais aceitar esse tipo de tratamento. Isso é ato antissindical e vamos sempre acionar a justiça para que o direito seja garantido”, revela. A empresa recorreu da decisão.

Veja Também: 

 > Presidente da CNTM tem compromisso com as bases

> SindMetal-GO homenageia colaboradora com título de Sócio Benemérito

> Presidente do SindMetal-GO se reúne com Miguel Torres da CNTM

Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário