Metalúrgicos reivindicam 20% de aumento na data base

O Secretário Geral, Nelson de Padua Netto, protocolou nesta terça-feira, 20 de janeiro, na sede do Sindicato Patronal, o Simelgo, a pauta de reivindicações da categoria metalúrgica para o início das negociações da Convenção Coletiva de Trabalho de 2015. O aumento salarial pretendido pelos integrantes da categoria é de 20% a vigorar no dia 1º de abril. “Sempre tivemos o cuidado de antecipar a entrega da pauta, para que não haja demora nas negociações e tudo transcorra no prazo correto” afirma Nelson.

Mais de 1800 trabalhadores participaram das assembleias realizadas nas portas das empresas entre 13 de dezembro de 2014 e 15 de janeiro de 2015. A assembleia decisiva para a definição das reivindicações ocorreu na quinta-feira. Além do aumento salarial, os metalúrgicos reivindicam piso salarial no valor de 30% acima do salário mínimo, cesta básica, plano de saúde e auxílio alimentação.


Secretário Geral do SindMetal-GO entrega pauta de reivindicações ao Simelgo

O presidente do SindMetal-GO, Roberto Ferreira, espera que o Simelgo não dificulte as negociações. Ele lembra que nas negociações da atual convenção, a direção da entidade patronal se recusou a sentar à mesa para negociar transferindo a responsabilidade para um assessor jurídico. “Esperamos que essa atitude grotesca e desrespeitosa não se repita e que tenhamos maior facilidade de diálogo” enfatiza.


Veja também:

> Cresce o número de empresas que não cumprem prazo para homologação de rescisão

> Desemprego no setor metalúrgico cresce nos últimos anos

> Justiça realiza perícia na empresa Posto de Molas Real

Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário