Lula dá bronca em Dilma durante reunião a portas fechadas no Planalto

“Preparem-se porque as coisas vão ficar piores”. É assim que Lula se referiu à crise política que o país enfrenta, durante reunião com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. As informações são do Jornal O Estado de São Paulo. Lula disse que está furioso com a ação da Polícia Federal e aconselhou a presidente. “Você não tem que ficar falando de Operação Lava Jato”, esbravejou para Dilma.

O receio do ex-presidente é de que as novas ações da PF provoquem ainda mais tensão com a base governista. Ele orientou que Dilma divulgue mais os programas do governo e evite comentar os escândalos envolvendo a Petrobrás.  Esse foi o primeiro encontro entre Lula e Dilma no período de um mês, depois que ele criticou a estratégia do Planalto para sair da crise. Num encontro com religiosos, Lula disse que Dilma está no “volume morto”.

O que parece contraditório é, na verdade, uma estratégia engenhosa de Lula para voltar ao poder em 2018, ano em que ocorrerão as próximas eleições presidenciais no País. Ao criticar o governo de seu próprio partido, Lula tira de si as responsabilidades da política desastrosa de Dilma e se desvencilha dos atuais escândalos, como o da Petrobrás. Resta saber se o povo vai comprar essa história…

Deixe um comentário