SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Justiça obriga UTI Móveis Hospitalares reintegrar diretor do SindMetal-GO

Perseguido e demitido por justa causa no final do ano de 2013, finalmente a Justiça do Trabalho obrigou a empresa UTI Indústria e Comércio de Móveis Hospitalares Ltda. a reintegrar na quinta-feira, 21 de maio, o secretário de base do SindMetal-GO, André Luiz Ribeiro da Silva ao seu quadro de empregados.

A empresa promoveu a rescisão do contrato de trabalho do obreiro simulando uma justa causa depois que foi notificada de sua candidatura a um cargo na direção do sindicato profissional da categoria. Com base na estabilidade provisória no emprego prevista no § 3º do art. 543 da Consolidação das Leis Trabalho, imediatamente o departamento jurídico do SindMetal-GO ingressou com ação na Justiça do Trabalho pleiteando a reintegração de André Luiz.


André e advogados aguardam na sala de espera. Empresários não permitiram que a reunião fosse fotografada

A sentença condenou a empresa a pagar os salários, 13º, férias e FGTS acumulados desde dezembro de 2013 com juros e correção monetária, além de R$10.000 de multa por descumprir a ordem judicial liminar em primeira instância, proferida em março de 2014. O dirigente sindical se apresentou para retornar ao trabalho mas a empresa se recusou a recebe-lo, descumprindo a ordem judicial.

Frustração

Ao se apresentar à empresa nesta quinta-feira para reassumir suas funções André foi surpreendido quando o departamento de Recursos Humanos anunciou que ele iria exercer a função de soldador. Na época em que foi demitido o empregado ocupava o cargo de gerente de produção. Acompanhado de dois advogados do sindicato, o sindicalista recusou-se a aceitar uma função diferente àquela em que trabalhava. O departamento jurídico da entidade já ingressou com recurso informando ao juiz sobre a equivocada atitude da UTI Móveis Hospitalares Ltda.

Deixe um comentário