Inflação de Goiânia bate recorde em 2015 e ultrapassa os 14%

11/01/2016

Se situação já não está nada fácil para os brasileiros, para os goianienses ela está ainda mais complicada. É que a inflação da capital goiana em 2015 foi a mais alta registrada desde o ano de 2002 e atingiu os 14,18%. O índice está bem acima da inflação oficial do País em 2015, fechada em 10,67%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Todos os grupos que compõem o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) tiveram alta em Goiânia, no último ano. O campeão foi o grupo de habitação, com elevação de 26,50% em relação a 2014, puxado pelos aumentos das tarifas de energia elétricas (56,37%), água e esgoto (39,56%) e gás de cozinha (35,35%).

A alta dos alimentos também pesou no custo da cesta básica para os goianienses que ganharam um salário mínimo, no ano passado. Os 12 itens que compõem a cesta subiram 22,73%, mais que o dobro do índice registrado no ano anterior: 9,92%.

Deixe um comentário