Estimativa do mercado para inflação de 2015 piora

Segundo pesquisa do Banco Central, as estimativas dos economistas das instituições financeiras sobre a inflação sofreram uma nova piora: o índice passou de 9,12% para 9,15%. Foi a 14ª semana seguida de alta.

Caso confirmada a perspectiva para o IPCA, a inflação de 2015 atingirá o maior patamar desde 2003, quando ficou em 9,3%. A expectativa oficial do governo para a inflação deste ano, divulgada no decreto de programação financeira em maio, está em 8,26%.

Para os economistas, a alta do dólar e dos preços de telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus pressionam os preços em 2015. Além disso, a inflação de serviços, impulsionada pelos ganhos reais de salários, segue elevada.

Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário