Estimativa da inflação sobe novamente, desta vez acima de 9%

A estimativa do mercado para a inflação de 2015, que estava em 9% na semana passada, subiu para 9,04% a partir desta segunda-feira, 6 de julho. A pesquisa foi divulgada hoje pelo Banco Central e leva em conta a opinião de mais de 100 instituições financeiras. Para 2016, a estimativa recuou para 5,45%.

Se confirmada a previsão para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação deste ano atingirá o maior patamar desde 2003, quando ficou em 9,3%.  De acordo com os economistas, a alta do dólar, telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus pressiona os preços em 2015.

O BC também divulgou que a expectativa do mercado em relação ao Produto Interno Bruto, o PIB, foi reduzida. Os economistas avaliam uma retração de 1,5%. Foi a sétima queda seguida deste indicador. Se confirmado, será o pior resultado em 25 anos, quando foi registrada uma queda de 4,35%.

Deixe um comentário