Dilma veta proposta de reajuste dos servidores do Judiciário

A presidente Dilma Rousseff vetou mais um projeto de lei. Desta vez, trata-se do reajuste salarial dos servidores do Judiciário. Caso a proposta fosse aprovada, o aumento da categoria poderia variar entre 53% e 78,56%, dependendo da classe e do padrão do servidor.

O veto foi publicado nesta terça-feira, 21 de julho, no Diário Oficial da União. O reajuste havia sido aprovado no mês de junho de 2015 pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado.

A justificativa do governo é que não há recursos para pagar a recomposição, pois, segundo as estimativas do Ministério do Planejamento, essa modificação nos salários provocaria um impacto de mais de R$ 25 bilhões nas contas públicas em quatro anos. Escrivão, escrevente e oficial de justiça são alguns dos cargos que poderiam ser contemplados com o aumento.

Deixe um comentário