Déficit na Previdência deve ultrapassar os R$ 100 bilhões em 2016

Entregue nesta segunda-feira, 31 de agosto, pelo Governo Federal ao Congresso Nacional, o projeto da lei orçamentária de 2016 estima um rombo ainda maior do que já havia sido anunciado. A previsão de que as contas públicas tenham R$ 30,5 bilhões de gastos a mais do que pode ser arrecadado não é a única que assusta.

Segundo estimativas do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá ter um resultado negativo de R$ 124,9 bilhões, 40,5% a mais do que o déficit de 2015, estimado em R$ 88,9 bilhões. Caso se confirme, o aumento no débito deverá ser de R$ 36 bilhões.

Será a primeira vez que o déficit na Previdência ultrapassa R$ 100 bilhões. Para que as contas não sejam tão negativas, o Ministério do Planejamento afirmou ser necessário adotar medidas legais e infralegais, que devem ser discutidas no Fórum Nacional da Previdência Social, a ser iniciado nesta semana.

Deixe um comentário