Contrária às expectativas do governo, inflação sobe e aperta ainda mais o bolso do trabalhador

O IBGE divulgou nesta quarta-feira, 8 de julho, que a inflação oficial brasileira acelerou e atingiu 8,89% no acumulado dos últimos 12 meses. Os maiores fatores para a alta foram o aumento dos alimentos, jogos de azar e passagens aéreas.

O instituto informou que a taxa acumulada é a mais alta desde dezembro de 2003, quando o índice ficou em 9,30%. Na comparação entre junho e maio, a alta foi de 0,79% no segundo mês. É a maior taxa para meses de junho desde 1996.

A alta acumulada no primeiro semestre foi de 6,17%, a mais alta para o período desde 2003, quando o mercado lidava com as incertezas do primeiro governo Lula.

Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário