Comissão especial do Impeachment vota nesta segunda-feira para abreviar o processo contra Dilma

06/06/2016

A Comissão Especial do Senado que analisa o processo de Impeachment se reúne nesta segunda-feira, 06 de junho, na parte da tarde, para entrar em acordo sobre o cronograma de trabalho que propõe 15 dias para as alegações finais da acusação e outros 15 dias para a defesa da presidente afastada.

O relator, Antônio Anastasia (PSDB-MG), que propôs o cronograma na última quinta-feira. Mas não chegou a ser votado por decisão do presidente do colegiado, Raimundo Lira (PMDB-PB), pois a senadora Simone Tebet (PMDB-MS) argumentou que o novo Código de Processo Penal prevê prazos mais curtos e apresentou outra proposta reduzindo esse período para cinco dias para cada uma das partes.
 
A mudança no cronograma gerou protestos da defesa da presidente afastada e foi encaminhada para a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, assim o colegiado não poderá decidir a agenda de trabalhos antes da decisão de Lewandowski nesta tarde.

Deixe um comentário