SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Clima deve esquentar em reunião entre sindicatos da categoria metalúrgica de Goiânia

SindMetal-GO já esgotou as tentativas de negociação com o simelgo e deve tomar medidas enérgicas

O presidente do sindicato dos trabalhadores nas indústrias metalúrgicas, Roberto Ferreira, anunciou na tarde desta quarta-feira em pronunciamento feito para a TV SindMetal que não pretende mais protelar a situação dos trabalhadores que até hoje não tiveram o aumento salarial de 2014 mesmo com a data base vencida desde o dia 1º de abril.

De acordo com Roberto, a última tentativa de negociação será por meio de uma reunião que está marcada para a próxima sexta-feira, 25 de abril, na sede do SindMetal-GO, caso contrário à categoria está preparada e pretende entrar em greve. “Estamos tentando negociar desde o ano passado quando mandamos a pauta de reivindicações e até hoje não tivemos nenhuma contraproposta considerável”, ressalta Roberto.

Como todo ano, os empresários alegam inúmeras dificuldades financeiras para justificarem a resistência em oferecer aumentos dignos, mas o cenário já apresenta números contrários e positivos. “Já fechamos acordos diretamente com algumas empresas assegurando até 12% de aumento”, comenta Roberto.

A expectativa para essa reunião é grande, mas, segundo Roberto, a experiência em negociações anteriores não favorece um pensamento otimista. “Quero muito que essa comissão negociadora venha com uma contraproposta pelo menos discutível e que consigamos fechar a convenção ainda esse mês”, completa.

Veja Também:

>Sobe para oito o número de acordos já fechados pelo sindicato em 2014

>Simelgo repete a tática da demora. Trabalhadores podem ir à greve

>Em concorrida solenidade, nova diretoria do SindMetal-GO foi empossada

Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário