Casa Forte não permite reunião na fábrica e assembleia é cancelada

A reunião entre trabalhadores e sindicato estava agendada para 14 de março de 2014

Depois de uma reunião entre o SindMetal-GO e a empresa Casa Forte para dar início às negociações para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho com a data base 1º de abril, estava agendada para a próxima sexta-feira, 14 de março, uma assembleia com os trabalhadores dentro da empresa.

Mas, para a surpresa dos dirigentes do SindMetal-GO, os empresários se negaram a abrirem as dependências da fábrica para a reunião e sugeriram que a assembleia acontecesse na sede do sindicato, em Goiânia.

A reação da empresa causou estranheza ao presidente do sindMetal-GO, Roberto Ferreira, pois  é mais fácil o sindicato ir até a empresa do que os empregados se descocarem de Aparecida de Goiânia – sede da Casa Forte – até o sindicato. “Realmente ficamos sem entender, é falta de bom senso”

Diante disso, a diretoria da entidade achou por bem cancelar a reunião até que o impasse seja resolvido. “Se for o caso e vontade dos trabalhadores, faremos a assembleia nem que seja fora da empresa”, friza Roberto.

Veja Também:

> SindMetal-GO celebra o Dia Internacional da Mulher

> Integrantes do novo comando do SindMetal-GO participam do 52ª curso de Formação Sindical

> SindMetal-GO protocoliza pauta de reivindicações na Metalúrgica Rezende

Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário