Valor de tarifas bancárias varia até 447,5%, aponta Procon

As tarifas cobradas pelos bancos nas operações pode variar até 447,5%, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (2) pela Fundação Procon-SP. Essa variação foi encontrada no serviço pagamento de contas (usando a função crédito do cartão): enquanto o Banco do Brasil cobra R$ 4 pelo serviço, no Santander a tarifa é de R$ 21,90.

Pacotes padronizados

Entre os pacotes padronizados, a maior diferença de preço encontrada foi de 37,82%. O menor no pacote II era cobrado pelo HSBC, de R$ 11,90, enquanto o Itaú cobra o maior preço: R$ 16,40.

As diferenças entre os pacotes padronizados são os serviços oferecidos. Os serviços incluídos em cada pacote podem ser consultados no site do Banco Central, clicando aqui

Segundo o Procon, houve alta na média de preços de todos os pacotes padronizados entre junho de 2014 e junho de 2015. A maior foi registrada no pacote padronizado III, cujo valor médio passou de R$ 18,21 para R$ 19,93 – uma alta de 9,41%.

O Procon-SP analisou e comparou os valores de serviços prioritários e de pacotes padronizados do Banco do Brasil, Bradesco, CEF, HSBC, Itaú, Safra e Santander. Os valores foram coletados nos próprios sites dos bancos.

Fonte: G1

Deixe um comentário