Sindicato dos trabalhadores do BCP afirma que não há negociações sobre redução salarial

O secretário-geral da Federação Nacional do Setor Financeiro (Febase), Mário Mourão, afirma que não há quaisquer negociações em curso com a administração do BCP sobre a redução de salários, mas admite que informalmente tem recebido propostas de intenções m

“Neste momento não decorrem negociações oficiais. Decorrem conversações, uma vez que o que o BCP tem feito chegar aos sindicatos são propostas de intenções onde não há nada em concreto, não estão concretizados em que temos vão aplicar essas reduções e onde”, refere Mário Mourão à jornalista da Antena1 Olívia Santos.

O dirigente sindical explica que o departamento de recursos humanos vai fazendo chegar aos sindicatos propostas de intenções onde há vários valores, mas na verdade não há negociações com os sindicatos.

O presidente do BCP anunciou na segunda-feira que vai reduzir o número de trabalhadores para cerca de 7.500 e que está há algumas semanas a negociar com os sindicatos uma redução dos salários de todos os trabalhadores até 2017, entre 5 por cento e 10 por cento. Nuno Amado afirmou que o objetivo é evitar a saída de mais de 1.200 funcionários.

Fonte: RTP/Notícias

Deixe um comentário