Produção de alumínio fica estável em julho, diz associação

A produção brasileira de alumínio primário ficou praticamente estável no mês passado e totalizou 120,4 mil toneladas

A produção brasileira de alumínio primário ficou praticamente estável no mês passado e totalizou 120,4 mil toneladas, com alta de apenas 0,3% ante o registrado em julho de 2011, informam dados divulgados nesta segunda-feira pela Abal (Associação Brasileira do Alumínio).

Conforme a entidade, no acumulado dos sete primeiros meses de 2012 foram produzidas 847,7 mil toneladas de alumínio, com crescimento de 2,2% na comparação com o volume apurado no mesmo período do ano passado.

De acordo com o levantamento da Abal, em julho a produção da Albras recuou 3,6% na comparação anual. O volume produzido pela Alcoa caiu 11%, enquanto BHP Billiton e Novelis apuraram quedas, respectivamente, de 12,1% e 2,4%, também frente ao registrado um ano antes.

A Votorantim Metais, por sua vez, viu sua produção de alumínio crescer 21,8% em julho, ante o registrado no mesmo mês de 2011.

Fonte: Folha.com

Deixe um comentário