SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Procon dá dicas para aquisição de CNHs

O Procon Goiás faz um alerta para o consumidor que deseja iniciar o processo para aquisição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Inicialmente, segundo o órgão, é importante que o candidato observe o melhor custo/benefício e faça, antes, uma pesquisa de preços. Em seguida, ele pode iniciar o processo no próprio site do Detran-GO ou então contratar o serviço por meio de uma autoescola.

Ao optar pela abertura do processo por meio do Detran, o consumidor deve seguir as orientações dispostas no site do órgão, que possui informações sobre o procedimento, além dos valores das taxas cobradas referentes a cada categoria. Porém, será necessária a contratação de uma autoescola para as aulas práticas de direção.

Quando a opção pela abertura do processo for diretamente em uma autoescola, a empresa poderá sugerir ao candidato o Centro de Formação de Condutores para a realização do curso teórico. Porém, não poderá haver imposição, pois pode configurar como venda casada, devendo, nesses casos, haver a denúncia ao órgão de defesa do consumidor.

No entanto, as informações devem estar claras e precisas ao consumidor, como o valor das taxas cobradas, sejam elas de matrícula pelo serviço de aulas práticas e de reteste, em possível caso de reprovação.

O Detran alerta também que pesquisar ainda é a melhor dica, se a intenção for economizar. Antes de contratar os serviços cobrados pelas autoescolas, o interessado deve verificar junto ao Detran os valores cobrados individualmente e caso constate a diferença cobrada pelos serviços contratados, que são os honorários ou as chamadas taxas de matrículas, deve então avaliar o melhor custo/benefício.

O candidato deve ainda se informar antes de contratar os serviços de determinada empresa, o grau de satisfação de amigos ou conhecidos que já utilizaram os serviços deste estabelecimento. Deve exijir da autoescola que todas as aulas teóricas e práticas sejam cumpridas rigorosamente em quantidade e tempo de cada aula.

É necessário pedir ainda,  por escrito, tudo que foi prometido pela autoescola, exijindo recibo de tudo que for pago. Isso será necessário em caso de necessidade de abertura de reclamação futura junto aos órgãos de defesa do consumidor. O Procon Goiás está à disposição do consumidor que deseja tirar dúvida ou que queira fazer uma denúncia por meio do número 151 (ligação gratuita) ou ainda (62) 3201-7100.

Fonte: O Popular

Deixe um comentário