Metalúrgicos em greve na Sical

Os metalúrgicos da empresa Sical entraram em greve nesta segunda-feira

Os metalúrgicos da empresa Sical entraram em greve nesta segunda-feira. Os trabalhadores reivindicam aumento salarial, além de melhores condições de trabalho. A greve não é de toda a categoria, apenas na empresa, pois os trabalhadores não ficaram satisfeitos com o acordo coletivo feito em janeiro aos metalúrgicos.

São 204 trabalhadores que, divididos em três turnos, deixam a empresa totalmente parada a partir desta segundqa-feira. “A proposta é de um aumento de 10% no salário, plano de saúde, além de uma cesta básica de R$ 120 e um litro de leite por dia, devido a grande poluição que o trabalhador fica exposto durante o dia”, explica o presidente do sindicato, Francisco Pedro dos Santos.

Negociações já foram feitas. “A proposta já foi enviada para eles, só que foi rejeitada, porque, segundo os donos, a situação financeira da empresa não é boa, mas a gente sabe que quando é para o trabalhador nunca está boa a situação. Então paramos 100% da empresa sem previsão de volta”, conta o presidente do sindicato.

A Sical tem uma capacidade de produção de 300 toneladas por mês de peças em ferro cinzento, ferro nodular, aços e ligas especiais.

Fonte: Portal Clicatribuna (SC)

Deixe um comentário