SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Metalúrgicos do ABC refutam terceirização

São Paulo – Depois de aprovar mensagens de alerta contra dois projetos importantes em tramitação em Brasília – o que legaliza o uso irregular de mão de obra terceirizada e e outro que sugere redução da maioridade penal de 16 para 18 anos – , terminou hoje (16) o 8° Congresso dos Metalúrgicos do ABC. Na plenária final, realizada na sede do sindicato da categoria, cerca de 800 delegados aprovaram, além dessa moções, planos de ação da direção do Sindicato para os próximos três anos. “Esse foi o congresso da inclusão, da educação e da luta contra a precarização do trabalho. Um congresso de massa, participativo. Ficou muito claro: aqui não passa terceirização. O que passa é a solidariedade, a fraternidade”, disse o presidente do Sindicato, Rafael Marques.

O dirigente ressaltou a qualidade dos debates realizados e o interesse dos delegados das discussões de todos os temas. Segundo Rafael, os trabalhadores demonstraram estar “ávidos” por informações e conhecimento. “Foi um processo muito rico, intenso, que vai dar à direção as condições para conduzir nosso mandato em acordo com o que pensa a categoria”, avaliou.

O evento promoveu debates sobre política regional, segurança pública, educação, direitos humanos, relação com o Poder Judiciário, política industrial e cultura, ao longo de quase dois meses. O congresso teve início em 31 de março, com a realização da assembleia de instalação do processo. Em seguida foram realizadas 11 plenárias nas fábricas e nas sedes regionais, que elegerem os delegados representantes das fábricas da base metalúrgica da região, composta por cerca de 95 mil trabalhadores.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou de duas atividades com os trabalhadores. No dia 29 de abril, fez a conferência de abertura do “Simpósio sobre negociação coletiva”, realizado junto com o Ministério Público do Trabalho, em homenagem aos 35 anos da greve de 1980, E na última terça-feira (12) realizou um bate-papo com cerca de 300 jovens metalúrgicos.

Fonte: Rede Brasil Atual

Deixe um comentário