Metalúrgicos de Guarulhos: Cresce greve da Cummins

A paralisação na fábrica de motores foi motivada pelo corte na PLR

Aumentou a participação dos trabalhadores da Cummins (Cumbica) no segundo dia de greve. Nosso diretor Josinaldo José de Barros afirma: “A produção está parada 100% desde ontem. Mas hoje de manhã ganhamos adesão de parte dos mensalistas”.

A paralisação na fábrica de motores, iniciada ontem (6), foi motivada pelo corte de R$ 1.115,00 na PLR (Participação nos Lucros e/ou Resultados) dos trabalhadores.

Reunião – A Cummins contatou o Sindicato, marcando reunião para as 14 horas de hoje (terça) na empresa. Devem participar Sindicato e Comissão de Trabalhadores. Cabeça diz: “Estamos abertos à negociação. Esperamos uma proposta justa da empresa. Se não, o movimento continua”.

Apoios – Sindicatos dos Metalúrgicos de Guarulhos, Químicos de Guarulhos, Servidores Municipais, Força Sindical Estadual e outros estão na porta da fábrica apoiando o movimento.

Fonte: Mundo Sindical

Deixe um comentário