Mercado prevê crescimento menor para a economia

Projeções de crescimento trazem expectativa de avançar 1,5% no PIB deste ano

Analistas do mercado voltaram a reduzir as projeções de crescimento da economia brasileira em meio às dúvidas sobre o ritmo da retomada da atividade e dos investimentos no país.

A expectativa agora é de um avanço de 1,5% no PIB deste ano e de 3,94% em 2013, segundo informações do boletim Focus do Banco Central divulgado hoje.

Esta é segunda vez consecutiva que a previsão é revisada para uma posição mais conservadora. No relatório da última semana, as projeções eram de 1,52% para este ano e 3,96% para o próximo.

Nesta semana, o IBGE divulga o PIB do terceiro trimestre, que mostrará a intensidade do avanço na atividade econômica no período. Indicador do Banco Central, considerado uma prévia do PIB, sugere uma alta de 1,15% para o período, resultado considerado “excelente” pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Os analistas também acreditam que a inflação caminha mais para o centro da meta neste ano. A previsão para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi rebaixada pela segunda vez consecutiva.

A nova projeção, de 5,43%, é inferior ao IPCA acumulado em 12 meses até setembro, que ficou em 5,45%. A meta do governo é de 4,5%, com banda de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A queda se dará, na visão do mercado, sem aumento de juros. A previsão é que a taxa básica seja mantida em 7,25% neste ano. O Copom (Comitê de Política Monetária) se reúne nesta semana para a última reunião acerca dos juros.

Fonte: O Hoje (GO)

Deixe um comentário