Lote de bilhetes Sitpass com problemas

Os usuários do transporte coletivo da região metropolitana têm outro problema para enfrentar além dos usuais do sistema. Uma falha em um lote de bilhetes Sitpass foi identificada e os portadores destes não conseguem usar as passagens, que são tidas como inválidas pelos leitores eletrônicos. O defeito está em alguns bilhetes de viagem única, mas o quantitativo não foi especificado pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (Setransp).

Segundo o Setransp, o defeito foi identificado quando um lote de Sitpass, produzido na Argentina, foi entregue à entidade. Este montante chegou a ser devolvido, mas cerca de 0,8% dos bilhetes deste lote chegou ao mercado. Assim, a orientação repassada para os usuários é de que procure a loja de atendimento do Setransp para efetuar a substituição do bilhete que apresente defeito. “Só é possível identificar a falha ao enfiar o bilhete no leitor. A troca será feita sem burocracia”, garante o assessor técnico da Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC), Marcos Vilas Boas.

Impacto

Segundo Vilas Boas, o impacto do problema com os bilhetes é pequeno já que apenas 10% dos usuários do sistema de transporte coletivo da Grande Goiânia utiliza sitpass – a maioria usa cartões magnéticos. Em dias úteis, os ônibus do transporte coletivo da Região Metropolitana transportam cerca de 800 mil usuários.

Fonte: O Popular

Deixe um comentário