SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Juros ao consumidor sobem pelo 14º mês

São Paulo – A taxa de juros cobrada da pessoa física subiu, em julho, pelo 14º mês seguido e se manteve no maior patamar desde julho de 2012, de acordo com pesquisa realizada e divulgada ontem pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). Segundo a associação, os juros médios passaram de 6,03% em junho (ou 101,90% ao ano) para 6,05% no mês passado (102,36% ao ano).

Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor da Anefac, atribui as altas à deterioração do cenário econômico nacional, com expectativa de piora nos índices de inflação e crescimento econômico. Isso afeta o risco de crédito, com uma maior expectativa de aumento da inadimplência, afirma.

Para os próximos meses, as taxas de juros devem se manter estáveis no curto prazo, após o Banco Central ter mantido inalterada a taxa básica de juros (Selic), afirma. “Por conta disto é provável que as taxas de juros das operações de crédito se mantenham inalteradas neste período, a não ser que, eventualmente, por conta da piora no cenário econômico, a inadimplência venha a ser elevada, o que levaria as instituições financeiras a subir suas taxas de juros mesmo em um ambiente de manutenção da taxa básica de juros”, complementa.

Fonte: O Popular

Deixe um comentário