SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Intenção de consumo das famílias cai 2,1% em janeiro, diz CNC

Em relação a janeiro de 2012, o recuo foi de 3,3%, segundo pesquisa. Após as festas de fim de ano, consumidor está menos disposto a comprar

Pesquisa nacional da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC)  registrou queda de 2,1% na intenção de consumo das famílias (ICF) em janeiro, em relação a dezembro de 2012, informou a CNC nesta quarta-feira (16). Em relação a janeiro de 2012, o recuo foi de 3,3%.

Segundo a CNC, a queda na intenção de consumo é reflexo dos efeitos do início do ano, quando há menor disposição do consumidor para ir às compras e do nível elevado de endividamento das famílias.

Apesar da baixa taxa de desemprego e do crescimento da massa salarial, no início do ano, depois do consumo com as festas de fim de ano as famílias estão com a renda comprometida com pagamentos de impostos como IPVA, IPTU,  e matrículas e material escolar.

A intenção de consumo em janeiro diminuiu principalmente nas famílias com renda acima de dez salários mínimos, com queda de 3,2%. As famílias com renda abaixo de dez salários mínimos apresentaram recuo de 1,8%. O índice das famílias mais ricas encontra-se em 140,6 pontos, e o das demais, em 134,0 pontos. A retração do índice nacional foi puxada pelas capitais de Nordeste (-1,9%), Centro-Oeste (-0,4) e Sudeste (-4,3)

A variação negativa (-3,3%) na comparação com janeiro de 2012 foi puxada tanto pelo menor otimismo com o mercado de trabalho quanto pelo consumo, segundo a CNC. Ao longo do ano, o endividamento das famílias foi grande, principalmente pelos estímulos fiscais, que levaram à compra de produtos da linha branca e veículos. Com isso, a disposição ao consumo em janeiro ficou em patamar inferior ao de janeiro de 2012, explicou a CNC. Além disso, o ritmo mais lento da atividade econômica vem comprometendo a confiança em relação ao mercado de trabalho, diminuindo o otimismo por parte das famílias.

Em dezembro, a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) registrou alta de 3,2% (138,0 pontos) em relação a novembro e de 0,5% na comparação com o mesmo período de 2011, segundo a CNC.

Fonte: G1.com

Deixe um comentário