Inadimplência do consumidor sobe 4,47% em outubro, diz SPC

Na comparação com o resultado de setembro deste ano, a alta foi maior: 7,39%

A inadimplência do consumidor subiu 4,74% em outubro em relação à registrada no mesmo período de 2011, segundo dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas).

Na comparação com o resultado de setembro deste ano, a alta foi maior: 7,39%.

O índice reflete o cálculo entre as inclusões no cadastro por inadimplência (consumidores que deixaram de pagar contas) e as exclusões do cadastro por liquidação (compradores que pagaram as dívidas). Dessa forma, quando o índice é positivo, significa que a inadimplência aumenta; quando é negativo, sinaliza que a inadimplência cai.

“Apesar de o inadimplente sair do banco de dados, ainda notamos que as dívidas antigas continuam impactando fortemente no orçamento dos brasileiros”, avalia Roque Pellizzaro Jr., economista e presidente da CNDL.

Para a instituição, há um esforço dos consumidores para estar em condições de assumir novos créditos para os gastos do fim do ano.

VENDAS

Em relação às consultas à base do SPC Brasil, que indicam o nível de atividade no varejo, o mês de outubro apresentou crescimento de 7,66% em relação ao resultado de setembro e alta de 0,81% em relação ao de outubro de 2011.

O crescimento já era previsto, considerando as vendas de outubro em função do Dia das Crianças. “Apenas na semana que antecedeu a data, o crescimento das vendas em relação ao ano anterior foi de 4,8%”, afirma Ana Paula Bastos, economista do SPC Brasil.

Fonte: Folha.com

Deixe um comentário