SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

FGTS terá R$ 72,6 bilhões em 2014

Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou ontem orçamento recorde de R$ 72,66 bilhões para 2014.

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou ontem orçamento recorde de R$ 72,66 bilhões para 2014. No ano passado, o orçamento aprovado para 2013 foi de R$ 59,66 bilhões. Com suplementação, totalizou R$ 71,1 bilhões.

Para habitação, o valor aprovado para o ano que vem foi de R$ 57,86 bilhões. Os descontos concedidos, no montante de R$ 8,9 bilhões, incluem R$ 6 bilhões de subsídios ao Programa Minha Casa, Minha Vida.

Para saneamento básico, o orçamento será de R$ 5,2 bilhões. O orçamento prevê, ainda, R$ 8 bilhões para infraestrutura urbana e R$ 1,6 bilhão para operações urbanas consorciadas. O documento aprovado pelo conselho prevê orçamento de R$ 72,66 bilhões em 2015 e de R$ 73,76 bilhões em 2016 e em 2017.

CONTAS

O conselho aceitou a proposta do Ministério da Fazenda que prevê que o Tesouro Nacional pague ao fundo R$ 100 milhões mensais, de abril a dezembro do ano que vem, para abater uma dívida de cerca de R$ 4,5 bilhões referentes à arrecadação da multa adicional do FGTS. No fim do ano, terão sido pagos apenas R$ 900 milhões.

“Certamente no decorrer de 2014 vamos discutir em cima de dados que possam fazer que a gente estabeleça um retorno mais rápido e maior”, afirmou o ministro do Trabalho, Manoel Dias. No ano que vem, segundo ele, o governo discutirá como será pago o restante do valor.

O ministro apontou que a dívida do Tesouro com o FGTS chega a R$ 9 bilhões, se somado com o montante de aproximadamente R$ 4,5 bilhões devido pelo subsídio do Minha Casa, Minha Vida.


Fonte: O Popular

Deixe um comentário