Expectativa de inflação dos consumidores cai em maio, diz FGV

Em abril, expectativa havia alcançado máxima desde 2005.

A expectativa de inflação dos consumidores mostrou queda em maio, segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira (6) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). No mês passado, os consumidores esperavam inflação de 7,2% para os 12 meses seguintes – abaixo dos 7,5% verificados em abril.

De janeiro de 2013 a abril, no entanto, as expectativas de inflação dos consumidores vinham apresentando tendência de alta. Nesse período, as perspectivas passaram de 6,3% para 7,5% – o maior nível desde novembro de 2005, quando era de 7,8%.

Segundo a FGV, os resultados de maio, que mostraram acomodação nas expectativas, devem ser interpretados com cautela. Segundo o economista Angelo Polydoro, daFGV/IBRE, “a expectativa de inflação dos consumidores vem apresentando tendência de elevação desde fevereiro de 2013. Embora tenha caído no mês de maio, é prematuro afirmar que se iniciará uma trajetória de queda”.

Deixe um comentário