Dias: governo Dilma criou 5 milhões de vagas até maio

O Ministério do Trabalho pretende anunciar nesta terça-feira, 24, uma boa notícia para a presidente Dilma Rousseff, com forte apelo eleitoral: o País deve atingir na gestão dela a marca de 5 milhões de empregos em três anos e cinco meses. “Cinco milhões representa mais do que o dobro do que foi nos oito anos do governo Fernando Henrique Cardoso”, afirmou o ministro do Trabalho, Manoel Dias (PDT), em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

O saldo prometido por Dias, entretanto, será simbólico, pois praticamente já foi alcançado. Até agora, o governo Dilma conta com um total de 4,967 milhões de empregos, considerando o resultado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) até abril, com dados ajustados.

A divulgação dos dados de maio do Caged está prevista para amanhã. Se confirmada a previsão do ministro Manoel Dias, o Ministério do Trabalho deve apontar que o Brasil teve saldo líquido positivo de postos formais no mês passado. Levantamento do AE Projeções realizado com 16 instituições do mercado financeiro aponta que foram gerados de 51.859 a 122.000 vagas em maio, sem ajuste sazonal. Considerando a pior hipótese dessa projeção, portanto, o governo Dilma terá encerrado maio com saldo de 5,019 milhões de empregos.

A previsão de romper a barreira dos 5 milhões de empregos no governo Dilma, entretanto, havia sido feita pelo próprio Manoel Dias ao Broadcast em março. A expectativa de Manoel Dias era a de que a marca seria quebrada no Caged de abril, mas não se concretizou: o resultado entre as contratações e as demissões foi o pior para o mês em 15 anos.

Fonte: O Popular

Deixe um comentário