Consumidores estimam inflação de 7,2% em 2015, diz FGV

A expectativa de inflação dos consumidores brasileiros para 2015 recuou em janeiro, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador que indica a estimativa de inflação recuou de 7,4% em dezembro para 7,2% no primeiro mês do ano. O valor é superior ao teto da meta de inflação do Banco Central, de 6,5%.

No ano passado, a inflação oficial medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou em alta de 6,41%, a maior desde 2011.

Apesar da queda, este é o 13º mês consecutivo em que a inflação mediana prevista pelos brasileiros para os 12 meses seguintes mantém-se no intervalo entre 7,2% e 7,5%, o patamar mais elevado desde o início da pesquisa. Em médias móveis trimestrais, o indicador seguiu a trajetória dos dados pontuais, ao passar de 7,5% para 7,4% entre dezembro e janeiro.

“O índice parece indicar que, apesar do aumento de diversos preços nesse início de ano (principalmente administrados), as famílias estão acreditando em um maior compromisso com controle dos preços e consequentemente, ajustando suas expectativas com relação à inflação. Essa análise é ainda preliminar, mas o resultado sinaliza que devemos acompanhar esse indicador com mais atenção”, afirma o economista Pedro Costa Ferreira, da FGV/Ibre, em nota.

Fonte: G1

Deixe um comentário