Concessão de vistos de trabalho para estrangeiros sobe 3,5% em 2012

Foram concedidas 73.022 autorizações estrangeiros no ano passado. Informações foram divulgadas nesta quarta pelo Ministério do Trabalho

O Ministério do Trabalho informou nesta quarta-feira (30) que a concessão de vistos para trabalhadores estrangeiros subiu 3,54% em 2012 e somou 73.022. Em 2011, 70.524 vistos haviam sido concedidos pelo governo federal. Das autorizações concedidas no ano passado, 64.682 foram temporárias e 8.340 permanentes.

Nas autorizações temporárias, os vistos destinado aos profissionais registraram uma queda de 3% frente ao ano de 2011 (66.690). No caso de vistos permanentes para trabalho, as concessões subiram 117% em 2012, uma vez que, em 2011, haviam somado 3.834 autorizações.

No caso das autorizações temporárias, as principais áreas dos trabalhadores estrangeiros, segundo o governo, são: engenharia, tecnologia, analise de sistemas, petróleo e gás, construção civil e obras de infraestrutura. “Portugal, Espanha e China foram as nacionalidades mais beneficiadas por esses vistos. Houve aumento de 81% no número de vistos emitidos a portugueses com relação a 2011, de 53% a espanhóis e de 24% a chineses”, acrescentou o Ministério do Trabalho.

“Ainda no total de autorizações temporárias, houve um crescimento de 23% nos profissionais estrangeiros ligados à assistência técnica, com 19.990 profissionais em 2012. Esse crescimento é decorrente do aumento na demanda por máquinas, equipamentos e transferência de tecnologia para empresas no Brasil. Já no trabalho a bordo de embarcações ou plataforma estrangeira houve queda, passando de 17.738 autorizações em 2011 para 15.554 em 2012”, informou o governo.

De acordo com o Ministério do Trabalho, os profissionais autorizados a trabalhar no Brasil estão mais qualificados. Entre 2011 e 2012 houve aumento de 9,5% no total de mestres e doutores autorizados a trabalhar temporariamente, sendo que, entre 2009 e 2012 esse aumento foi de 560%. “Esse é um dos grupos que mais cresce em números relativos no Brasil”, informou o governo.

Cadastro Eletrônico de Empresas

Devido à demanda de trabalhadores estrangeiros qualificados no Brasil, o Ministério do Trabalho informou que a Coordenação Geral de Imigração está buscando simplificar o processo de autorização de trabalho. Para isso, foi instituído o Cadastro Eletrônico de Empresas demandantes de profissionais estrangeiros, reduzindo a quantidade de documentos necessários ao pedido de visto, informou o governo.

“O novo sistema de imigração permitirá que todo o procedimento de pedido de autorização de trabalho a estrangeiros seja feito pela internet, com os documentos sendo enviados em meio eletrônico com certificação digital. A meta é eliminar totalmente os documentos enviados em meio papel. Esse novo procedimento, que está em fase final de implementação, permitirá uma redução nos prazos de tramitação, atualmente o prazo médio é de 22 dias”, informou o Ministério do Trabalho.

Fonte: G1.com

Deixe um comentário