Brasil: greve nacional convocada para quinta-feira

CSP-Conlutas tenta ainda um acordo com as outras centrais sindicais, para que a paralisação seja geral

A central sindical brasileira CSP-Conlutas convocou uma greve nacional para a próxima quinta-feira, dia 27, que espera a adesão de setores como os dos metalúrgicos, professores, funcionários públicos, trabalhadores rurais e da construção civil.

«Nós achamos que o processo de lutas no país é um progresso, com as contradições que tem. É um conjunto de insatisfações. É importante que a classe trabalhadora, com os seus métodos de luta, se organize e produza mudanças», disse à agência Lusa José Maria de Almeida, coordenador da CSP-Conlutas e presidente do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU).

As reivindicações da CSP-Conlutas, segundo José Almeida, serão «questões concretas», como o investimento de menos verba pública no Mundial de Futebol de 2014, mais qualidade para a saúde e a educação no país, aumento dos salários dos trabalhadores, congelamento do preço dos alimentos e das tarifas públicas e redução do horário de trabalho.

A CSP-Conlutas responde atualmente por cerca de 3,5 milhões de trabalhadores das áreas rural, metalurgia, construção civil, educação e serviço público, como os funcionários dos correios. José Almeida afirmou que há greves previstas para São Paulo, principalmente no interior, Minas Gerais e para estados do nordeste do país.

A central sindical é formada por integrantes de movimentos sociais e de partidos políticos de esquerda, como o PSTU e o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Segundo Almeida, há a tentativa de um acordo com as outras centrais sindicais, para que a paralisação seja geral.

Fonte: TVI 24

Deixe um comentário