SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

Após acordo com a GM, sindicato diz que luta pelo emprego continua

Risco de demissão em massa está afastado até o fim de novembro. Reunião de conciliação levou mais de 9 horas neste sábado, em São José

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, no interior de São Paulo, informou em entrevista coletiva neste sábado (4), após a reunião que afastou o risco de demissões em massa na General Motors, que vai continuar trabalhando nos próximos meses para manter o emprego dos funcionários da montadora. Foram nove horas de negociação com a empresa e representantes dos governos federal, estadual e municipal para evitar os cortes na planta joseense.

O acordo com a empresa prevê o afastamento do risco de demissões até o fim do mês de novembro, quando o modelo Classic deixará de ser fabricado na planta joseense. “Chegamos a um entendimento que será levado aos nossos trabalhadores em assembleia, mas neste momento o risco de demissão em massa está afastado. É importante ressaltar que a luta pelo emprego segue”, explica Antônio Ferreira de Barros, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos.

O Sindicato disse que vai manter diálogo com a empresa e também com o governo. “Nesses 60 dias vamos discutir uma série de temas, como a manutenção dos empregos, novos investimentos para planta e a saída do layoff. A posição do sindicato é que a luta tem que continuar. A exigência a todas as esferas do governo tem que continuar para que a gente possa chegar ao fim desse processo e não haja nenhum pai de família demitido. Essa é a luta que o sindicato está empenhado e vai continuar”, afirma.

Fonte: G1.com

Deixe um comentário