SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE GOIÂNIA – SINDMETAL – GO

Menu

13º de metalúrgicos do ABC injetará R$ 436 milhões na economia regional

O ABC emprega no total 815,8 mil pessoas, segundo dados do Ministério do Trabalho

Levantamento do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (filiado à CUT) mostra que o pagamento do 13º salário na região vai injetar R$ 436 milhões na economia, segundo estimativa da Subseção do Dieese.

A região do ABC emprega 104,2 mil pessoas nas empresas metalúrgicas de São Bernardo, Diadema, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, cidades que estão na base representada pelo sindicato. O salário médio de um metalúrgico do ABC é de R$ 4,1 mil.

O valor pago neste ano a esses trabalhadores representa cerca de um quinto (24,6%) dos R$ 2,2 bilhões que serão pagos a todos os empregados com carteira assinada na região. O ABC emprega no total 815,8 mil pessoas, segundo dados do Ministério do Trabalho.

Neste ano, o valor estimado (R$ 436 milhões) é 5% maior que o pago no ano passado. O estudo não inclui autônomos e assalariados sem registro em carteira.

Recentemente, o Dieese também informou que, no Brasil, todo o 13º deve injetar R$ 130,5 bilhões na economia –quantia que representa 2,9% do PIB (Produto Interno Bruto) e deve ser paga a 80 milhões de brasileiros. A conta considera assalarariados com carteira assinada, os empregados domésticos e aposentados e pensionistas da União e dos Estados.

Fonte: Folha.com

Deixe um comentário